02 março 2014

Desafio Godllywood 7



Desafio Godllywood 7



“A mulher vulgar é como mercadoria de queima de estoque: exposta para qualquer um ver, tocar e até experimentar; jogada em cima de caixotes. Todo o mundo pega, experimenta e em seguida joga pra lá. Empoeirada e embaralhada com as demais, não tem valor significativo. Sem qualquer proteção e baratas. Seus consumidores tampouco são especiais. Procuram pela melhor oferta.” Bispo Macedo

Quando se fala em mulher vulgar, logo vem à mente uma mulher escandalosa com roupas provocantes, mas vulgar é muito mais que isso… veja alguns sinônimos da palavra:

Banal - Sem originalidade

Comum – De pouco valor

Ordinário - Medíocre; que não ultrapassa o nível comum

Trivial - Conhecido por todos

Isso quer dizer que a mulher pode até se vestir discretamente e, ainda assim, ser vulgar devido ao seu comportamento. Quando ela é facilmente influenciada pela moda, pela maioria ou pelas circunstâncias, ela perde a sua originalidade e fica igual a todo o mundo – uma mulher de pouco valor, que não é diferente da maioria.

Veja, amiga, quando se acha uma peça de roupa em cada esquina, na feira, no mercado – o que concluímos sobre o seu valor? Quando não se faz qualquer diferença nesse mundo, ou seja, é uma filha como todas as outras filhas, uma esposa como todas as outras esposas, uma aluna como todas as outras alunas – é igual a todo mundo e se torna vulgar também.

A tarefa dessa semana é primeiro responder as seguintes perguntas:

Como é a sua maneira de vestir? Você se considera uma mulher discreta ou gosta de roupas que chamam a atenção para o seu corpo?

Como se comporta em casa? Faz o que as outras (esposas, filhas, mães, irmãs, amigas) fazem ou procura ser diferente e fazer a diferença?

Que cultura você segue: a sua própria ou a das demais mulheres em sua sociedade?

Qual o valor que você mais procura: o seu próprio ou o seu valor tem de vir do que você faz e tem?

Você influencia ou é influenciada?

Diante dessas respostas, você saberá se tem sido vulgar ou não. Sua segunda tarefa dessa semana será fazer alguma coisa diferente e que faz a diferença para as demais pessoas também. Poste algo dessa segunda tarefa na nossa página facebook.com/godllywood




 É muito comum nos acomodarmos com o mundo ao nosso redor e mais comum ainda é nos acomodarmos com nós mesmas. Com a nossa vida, com os nossos defeitos e até com nossos fracassos. Foi meditando nessa tarefa que percebi o verdadeiro significado da palavra diferença, e que por traz dela não está uma "nova eu" e sim a diferença nos meus pensamentos, nas minhas ações, nas escolhas, quando eu decido fazer aquilo que não quero mas preciso.

 Eu adoro cozinhar refeições diferentes, mas hoje fiz o prato preferido do meu esposo (arroz, feijão, salsicha e batata rs), mesmo não gostando de comer isso, fiz por ele.

 E assim tem acontecido em tudo, ser diferente está nas pequenas ações.

* Tarefa feita no ano de 2012


Facebook | Twitter | Instagram | Youtube | Snapchat {tatianelabarba}

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...