07 janeiro 2016

Como se fosse a Primeira Vez


"Confesso que estou um pouco envergonhado de admitir isso, mas, de certa forma, eu traí minha mulher hoje. Eu vou explicar. Estava no supermercado, pegando alguns itens – pinça de sobrancelha, cortador de unha, aparelho de barbear, cera de depilação para o bigode, alguns petiscos e uma bucha – e, quando estava na fila do caixa, vi uma mulher que me chamou a atenção. Pensei comigo: 'uau, quem será o sortudo que está com ela?'; e em questão de segundos, me dei conta de que era a minha esposa!(...) 
Em primeiro lugar, fiquei mais uma vez surpreso com a beleza dela. Eu acredito que reparo nisso sempre, mas, hoje, sem saber que ela estaria na mesma loja que eu, a vi com outros olhos e não pude acreditar que era eu o marido dela. E isso me fez ficar vermelho – mas não dava para ninguém ver por causa da barba enorme(...) Por fim, eu estava tão feliz em vê-la totalmente confiante, independente, capaz, humilde, graciosa, doce e maravilhosa pesso... E aí, ela pegou as compras e saiu pela porta. Eu nunca disse nada, não a chamei para perto de mim, apenas fiquei olhando enquanto ela se afastava, admirando, sabendo que ela era minha esposa e que eu a amo. Ela raramente acessa o Facebook, então não verá esse post, e não vai perceber que, de certa maneira ela foi traída hoje. Mas eu pensei em compartilhar com todos vocês(...) com a certeza de que outras pessoas já tiveram experiências parecidas com as pessoas que amam, de um jeito ou de outro, e que sabem que esse são momentos perfeitos. Moral da história: é sempre bom olhar aqueles que amamos como se fosse a primeira vez, para nos lembrarmos como somos sortudos em ter essas pessoas em nossas vidas."


Jason Hewlett (Humorista Norte-Americano)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...